Radio Lacan
PODCASTS

Psicanálise da Orientação lacaniana

Jacques-Alain Miller foi convidado no último sábado, precisamente, no dia 13 de junho de 2015, por Alain Finkielkraut para participar de seu programa Répliques junto a Jacques Rancière. O filósofo e professor honorário da Universidade de Paris VIII (Saint-Denis) Jacques Rancière, autor do livro “La haine de la démocratie” (“O ódio da democracia”) em 2005. E, logo depois, dos atentados de Paris contra Charlie Hebdo, em janeiro de 2015, afirma, numa entrevista para o jornalista Eric Aeschimann do L’Obs e que foi publicada com o título: “Les idiots utiles du FN”, que alguns intelectuais que se dizem republicanos acabam por favorecer um campo fértil para a extrema direita, assim como, praticar um desvio dos valores universalistas, que acabará por nutrir um discurso xenófobo. A entrevista foi publicada três meses depois da grande manifestação em Paris, e nas outras cidades francesas, em homenagem a Charlie Hebdo. Em outra ocasião, após as eleições dos departamentos na França se confirmou a ascensão no campo político de Marine Le Pen, presidenta do FN. Jacques-Alain Miller publicou uma resposta a este fato, na página web de La Règle du Jeu e Jacques Rancière lhe respondeu, a seguir, na mesma mídia. Alain Finkielkraut convidou os dois intelectuais franceses para que continuassem o debate.
Episódio 1
Os Intelectuais, o Povo, a República e os modos de gozo
Por Eduardo Scarone
12:20 minutos | Áudio em Espanhol | Gravado em 17.06.2015
Pierre Naveau